WEC

Coluna de Água Oscilante (CAO) Pico

O primeiro grande projecto gerido pelo Centro foi o denominado Demonstração CAO, um projecto nacional, que visava a recuperação da Central do Pico, nos Açores.Com equipamento e mão-de-obra nacionais, foram canalizados todos os esforços necessários para recuperar a Central de Ondas em território português, mostrando assim a viabilidade desta tecnologia.

O projecto terminou com sucesso no final de 2006. No ano seguinte, a Central de Ondas, no Porto Cachorro, passou a ser propriedade do Centro de Energia das Ondas, após um período de dois anos da sua gestão.

Com financiamento e meio humanos próprios, o WavEC prosseguiu em 2007 os trabalhos de manutenção e monitorização da Central. Os resultados obtidos constituem dados importantes no estudo desta tecnologia (Coluna de Água Oscilante) e sua adaptação noutros dispositivos, tanto costeiros como ao largo.

Apoios e financiamentos

O projecto contou com apoio público do programa DEMTEC do PRIME e financiamento de associados do WavEC, sobretudo da EDP – Electricidade de Portugal e da Efacec.

Participaram ainda neste projecto os nossos associados EDA – Electricidade dos Açores, Instituto Superior Técnico, LNEG (antigo INETI) e a Consulmar.

A empresa Kymaner, que se veio a associar ao Centro no final do ano de 2007, deu ainda o seu contributo durante o projecto, através de apoio técnico à central.

Cinco anos de Experiência

As fases distintas do projecto

O desenvolvimento do projecto prosseguiu em fases distintas. A primeira foi de renovação da central do Pico entre Outubro de 2003 e Setembro de 2005 com a recuperação de componentes mecânicos e re-conexão do gerador. O equipamento eléctrico e de controlo foi removido do interior da central para dois contentores a cerca de 100 metros da central, por razões de segurança. Foi ainda instalada uma válvula de alívio para reduzir a pressão no interior da câmara em estados de mar agitado.

Uma segunda fase de operações na central foi composta por teste com o equipamento existente – entre Setembro de 2005 e Maio de 2006 – com a realização dos primeiros ensaios. Verificou-se durante os testes a ocorrência de vibrações excessivas no apoio da turbina, por volta das 1200 rpm. Um incidente com o estator suspendeu o desenvolvimento destes testes.

No período de Junho a Novembro de 2005 e de Julho a Novembro de 2006, o Centro contou com dois elementos da sua equipa a trabalhar na Central: Frank Neumann (Operador da Central) e Ana Brito e Melo (Tratamento de dados).

Os testes com os novos estatores marcaram o início de uma nova fase de operações na central no período entre Maio e Outubro de 2006, que corresponde ao último mês do projecto.

Disseminação do projecto

As operações de recuperação da Central do Pico foram acompanhadas por actividades de demonstração e divulgação, com artigos e comunicações técnico-científicas e apresentações em sessões de divulgação em seminários diversos, apresentações e cursos de formação e visitas organizadas. Nos dias 8 de Novembro de 2005 e 31 de Outubro de 2006 decorreram as Sessões Públicas de Demonstração, das quais resultou um DVD informativo.

Após a conclusão do projecto

Concluído o projecto, continuam a decorrer trabalhos de manutenção e monitorização na Central, assim como melhorias sucessivas nos níveis estruturais e electrónicos. Mais informação actualizada em: www.pico-owc.net

Ficha Técnica

Financiamento: PRIME-DEMTEC e associados (privado)
Gestor de projecto: Frank Neumann
Financiamento total: € 797 598 ,00
Financiamento para o WavEC: € 538 410,00
Duração: 2004-2006 (24 meses + 12)
Coordenador: Centro de Energia das Ondas
Outros parceiros: EDP – Electricidade de Portugal, EDA – Electricidade dos Açores, Instituto
Superior Técnico, Laboratório Nacional de Energia e Geologia (antigo INETI), Efacec, Consulmar
e Kymaner (apoio técnico)
Página web: www.pico-owc.net